Carlos Eduardo Cadoca é o mais novo integrante da legenda comunista

Carlos Eduardo Cadoca é o mais novo integrante da legenda comunista
thumbnail_1380915665.jpg

thumbnail_1380915665.jpg

Ato de filiação teve a participação de dirigentes e quadros importantes do partido em Pernambuco e de correligionários do novo membro da legenda.

resize_1380915665.jpg

O deputado federal Carlos Eduardo Cadoca filiou-se ao PCdoB na manhã desta sexta-feira (04), em ato realizado na sede do Comitê Estadual, em Santo Amaro. O evento de filiação teve a participação de dirigentes e quadros importantes do partido em Pernambuco e de correligionários do novo membro da legenda.
 
Na saudação inicial, o presidente do Comitê estadual do PCdoB, Alanir Cardoso, destacou o significado do ato, lembrando que a luta do partido para mudar o Brasil, para construir uma nova sociedade, para abrir caminhos para um desenvolvimento mais elevado para a população “é uma luta muito antiga“.
 
“E nós nos identificamos a partir daí, como você que tem uma trajetória longa, está na vida política há muitos anos, tem muito serviços importantes prestados ao povo de Pernambuco, ao povo do Brasil. Vem da matriz dos que acreditam, que sonham, que colocaram o socialismo no seu horizonte, como necessidade dos povos. A luta para levar essa luta adiante não é fácil“, afirmou Alanir, que encerrou seu pronunciamento manifestando a alegria dos comunistas em receber Cadoca em suas fileiras. “Estamos recebendo você de braços abertos, essa casa é nossa“, disse.
""
 
Debate e visão ampla
 
O prefeito de Olinda, Renildo Calheiros, usou também a palavra para saudar o novo filiado. Ele lembrou que foi companheiro de bancada de Cadoca na Câmara Municipal do Recife e na Câmara dos Deputados.
 
“O nosso partido é um partido experiente, tem uma visão política ampla, não é estreito, não é sectário, não tem problema nenhum em termos opiniões e visões diferentes. O nosso partido é um espaço onde nós discutimos muito, debate muito, procura sempre o entrosamento para ter uma ação política mais forte, que essa é a razão dos partidos políticos, que é tentar construir uma posição política com mais apoio para ter também uma ação política mais eficiente, mais forte, com muita conversa, com muito debate, com muita compreensão das singularidades, das realidades em cada lugar, do ponto de vista político. Nós somos um partido hoje que amadureceu bastante, procurando sempre jogar um papel mais amplo na política brasileira“, explicou Renildo, destacando o apoio do PCdoB à renovação do mandato do deputado Cadoca em 2014.  
 
Mesma matriz  

""
 

A deputada federal e vice-presidente nacional do PCdoB, Luciana Santos, saudou também o novo membro do partido, de quem é companheira de bancada na Câmara dos Deputados.
 
“Para nós, esse é um encontro de pensamento, é um encontro daqueles que nasceram da mesma matriz e que agora estão optando por vivenciar na mesma frente de batalha. Cadoca tem mesma formação do nosso partido e isso fez com que ele, até hoje, tivesse e cumpra o papel político que ele joga não só em Pernambuco como no Brasil“, disse Luciano, lembrando o desempenho do deputado como líder da bancada de Pernambuco na Câmara dos Deputados. “Sua chegada ao partido é uma força muito importante, agrega um valor muito importante, além do valor subjetivo de seu prestígio, tem uma força eleitoral concreta que representa a ampliação da nossa influência“, afirmou Luciana.
 
Referência nacional
 
“Eu me sinto confortável, política e pessoalmente, de estar aqui, pelas inúmeras identidades que eu tenho com a Casa, com o partido.O partido é realmente uma referência nacional, é um partido que tem uma história, tem respeitabilidade e isso me dá um conforto político, eu estou em uma sigla, em um partido que tem história, que tem mais de 90 anos, que é o PCdoB“, afirmou o novo integrante da legenda antes de assinar a ficha de filiação, ressaltando que chega ao partido como militante e “muito honrado pela forma como estou sendo recebido“.
 
Antes, ele lembrou sua trajetória política iniciada na década de 1960, ainda estudante da Faculdade de Direito do Recife, chegando a militar no PCB, onde teve como companheiros Byron Sarinho (já falecido) e Francisco de Assis. Cadoca também ressaltou sua militância de 36 anos no PMDB, onde disputou nove eleições e foi secretário-geral por 17 anos, e, por um período menor, no PSC.
 
Representação comunista
 
Também presentes ao ato de filiação, Luciano Moura, presidente do Comitê Municipal do partido em Olinda; Antonieta Trindade, presidenta do Comitê Municipal do PCdoB do Recife; Valéria Silva, secretária Sindical; Ossi Ferreira, secretário de Organização; Guido Bianchi, secretário de Comunicação; José Bertotti, da direção estadual; Jorge Carreiro, vice-prefeito de Paulista; e Nelson Pereira, ex-deputado estadual. Ausente do estado, o vice-prefeito e dirigente do partido, Luciano Siqueira, deu as boas-vindas a Cadoca por telefone.
 
Com informações do Portal do PCdoB – Recife