Começa inscrições para décima edição do Parlamento Jovem Brasileiro

Começa inscrições para décima edição do Parlamento Jovem Brasileiro
thumbnail_1365520272.jpg

thumbnail_1365520272.jpg

Estudantes de todo país têm a chance de vivenciar a rotina e a as atividades de um deputado federal durante cinco dias.

resize_1365520272.jpg

Estudantes de todo país podem vivenciar a rotina e a as atividades de um deputado federal durante cinco dias. 
 
Alunos do ensino médio de todo o País, com idade entre 16 e 22 anos, podem se inscrever no Parlamento Jovem Brasileiro até o dia 14 de junho. O programa é uma oportunidade para que os jovens possam conhecer e experimentar, durante cinco dias, o trabalho de um deputado federal. A edição de 10 anos do Parlamento Jovem será realizada entre 22 e 27 de setembro, na Câmara, e vai reunir 78 participantes representando todos os estados.
 
Para se inscrever, o estudante precisa elaborar um projeto de lei propondo mudanças para melhorar a realidade do País. O tema é livre, mas deve ter impacto nacional e não somente no estado ou no município de origem. O interessado tem que estar matriculado no 2º ou no 3º ano do ensino médio ou no 2º, 3º ou 4º ano do ensino técnico, na modalidade integrada ao ensino médio.
 
O Parlamento Jovem Brasileiro é realizado anualmente e tem por objetivo possibilitar aos alunos de escolas públicas e particulares a vivência do processo democrático, mediante participação em uma jornada parlamentar, em que os estudantes tomam posse e atuam como Deputados Jovens. Os projetos de lei apresentados pelos participantes são discutidos e votados, de acordo com as normas regimentais vigentes na Câmara.
 
A primeira edição do programa ocorreu em 2004. No total, 690 jovens já participaram da experiência. Neste ano, foi criado um canal de comunicação entre os estudantes de todo o Brasil e a Câmara dos Deputados: a fan page do Parlamento Jovem Brasileiro.
 
Os interessados em participar do programa devem entregar a ficha de inscrição na sua escola, juntamente com o projeto de lei elaborado, a cópia da identidade, a declaração de matrícula no ensino médio/técnico e, em caso de menor de idade, o termo de autorização dos pais ou responsáveis. Esses documentos serão encaminhados aos coordenadores estaduais do Parlamento Jovem nas secretarias de Educação dos estados, responsáveis pela primeira etapa da seleção para o programa.
 
Mais informações podem ser obtidas na página do Parlamento Jovem 2013
Fonte: Câmara dos Deputados
Foto: Posse do Parlamento Jovem 2012
Agência Câmara