Doze publicações pernambucanas vão chegar às bibliotecas de 120 escolas da Região Metropolitana do Recife

Doze publicações pernambucanas vão chegar às bibliotecas de 120 escolas da Região Metropolitana do Recife

livros-premiados-607x404

Entrega dos livros marca lançamento do projeto ‘Outras Palavras’, articulação entre Fundarpe e secretarias estaduais de Cultura e Educação. Estudantes e professores de 120 escolas de referência e técnicas da Região Metropolitana do Recife terão acesso facilitado a recentes produções literárias de Pernambuco e publicações especiais com reportagens sobre Patrimônios Vivos, mestres e grupos da nossa cultura popular.

Através do projeto ‘Outras Palavras’, o Governo de Pernambuco, através da Fundarpe e das secretarias de Cultura e Educação, vai fazer chegar às bibliotecas de cada centro educacional
kits contendo, entre outras publicações, os nove livros vencedores das duas primeiras edições do Prêmio Pernambuco de Literatura.

Para Marcelino Granja, secretário estadual de Cultura, “a ação está inserida numa estratégia prioritária para a política cultural em curso, que é a de conectar profundamente o cotidiano
escolar com toda a riqueza cultural pernambucana”. Desta forma, “valorizar nossos artistas e contribuir para a formação crítica da juventude a partir do incentivo à leitura de obras que
contam histórias da nossa gente”, complementa o secretário.

A solenidade de entrega dos kits literários acontece no próximo dia 1º de outubro, a partir das 14h, no Teatro Apolo, bairro do Recife. Um pouco antes, às 10h, professores e gestores das escolas vão participar de visitas guiadas à Torre Malakoff, ao Museu do Trem, ao Paço do Frevo e também ao Museu Cais do Sertão. De acordo com Márcia Souto, presidente da
Fundarpe, “os principais parceiros desse projeto são os professores, que mesmo com uma já intensa rotina de trabalho, aceitaram o desafio de estimular, na sala de aula, o
reconhecimento aos artistas e à cultura pernambucana”.

O lançamento do ‘Outras Palavras’ será aberto ao público e, além dos representantes da Secult-PE e da Fundarpe, contará ainda com a participação do Secretário Estadual de
Educação, Fred Amâncio; de Paulo Dutra, secretário executivo de Educação Profissional; de Antonieta Trindade, gerente geral de Articulação com Instituições de Ensino (Secult-PE); dos
escritores Walther Moreira Santos e Rômulo César Melo; e de Lia de Itamaracá, patrimônio vivo de Pernambuco.

Segundo Antonieta Trindade, coordenadora do projeto, “a meta é atingir escolas de todas as regiões do estado, contando ainda com publicações e projetos culturais incentivados pelo
Funcultura”. Do início do ano até aqui, Secult-PE e Fundarpe, através da Gerência Geral de Articulação com Instituições de Ensino, têm promovido diversos momentos de enlace entre
Cultura e Educação, com destaque para os bate-papos realizados no mês de julho entre artistas convidados do Festival de Inverno de Garanhuns e a comunidade escolar do município.

Fonte: Ascom Fundarpe