Em debate com estudantes, Luciana reafirma a necessidade de democratização da mídia

Em debate com estudantes, Luciana reafirma a necessidade de democratização da mídia
thumbnail_1366406362.jpg

thumbnail_1366406362.jpg

 

resize_1366406362.jpg

Cumprindo agenda em Pernambuco, a deputada federal Luciana Santos participou de um debate sobre a democratização dos meios de comunicação que contou com a presença dos jornalistas Altamiro Borges e Marcelo Mário de Melo. O encontro foi promovido pela União de Estudantes de Pernambuco (UEP) na última segunda-feira (15) com apoio da UNE e DA de Comunicação da Universidade Católica, local do debate. 
 
 Na plateia, estudantes e profissionais de comunicação ouviam atentos as exposições dos debatedores. “Eu fico muito animada ao ver o interesse cada vez maior da sociedade porque é preciso que as pessoas entendam a comunicação como um direito de todos”, afirmou Luciana que em sua fala tratou da concentração dos meios de comunicação no país.
 
“O sistema brasileiro de comunicações está concentrado nas mãos de poucas famílias que detém o poder sobre o pensamento, ideias, uma visão de mundo. Essas pessoas que comandam não são isentas. Eles decidem, formam e impõem  um conceito de sociedade” afirmou. 
 
Em sintonia com a fala da deputada, o jornalista e autor do livro “A Ditadura da Mídia”, Altamiro Borges, acredita que um passo bastante positivo para a democratização da mídia foi a criação da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), mais ainda há um longo caminho para percorrer. 
Financiamento para mídia alternativa
 
Luciana faz parte da Comissão de Ciência Tecnologia e Comunicação da Câmara e é relatora na subcomissão que trata das formas de financiamento para mídias alternativas apresentou algumas das sugestões que foram apresentadas à subcomissão.  Entre elas estão a implantação de Política Nacional de Fomento á Produção Popular, a criação de Fundos Nacional e Estaduais da Comunicação Pública, a criação de Fundo de Fomento a partir de contribuição das empresas concessionárias de rádio e TV e a criação de Lei de Incentivo aos meios de comunicação alternativos. “Audiências públicas estão sendo realizadas para ouvir a sociedade e as sugestões para o relatório final da comissão que deve ser entregue no mês de junho”, disse a deputada.