“Em um mundo em guerra, Cuba semeia a paz”, diz Luciana Santos

“Em um mundo em guerra, Cuba semeia a paz”, diz Luciana Santos

Representantes do PCdoB e da CTB participaram do ato em homenagem a Fidel Castro em Havana, na noite desta segunda-feira (28). À frente da delegação do partido estava a presidenta Luciana Santos, acompanhada por Ricardo Alemão, secretário nacional de Organização. A deputada federal Jô Moraes representou a Câmara de Deputados e João Batista Lemos foi enviado especial pela a CTB.

Batista Lemos, Luciana Santos e Ricardo Abreu participam do ato em homenagem a Fidel na Praça da Revolução, em HavanaBatista Lemos, Luciana Santos e Ricardo Abreu participam do ato em homenagem a Fidel na Praça da Revolução, em Havana Para Luciana, o ato que contou com mais de 2 milhões de pessoas em homenagem ao ex-presidente foi “emocionante e comovente”. A presidenta nacional do PCdoB acredita Cuba vai na contramão do mundo ao promover a inclusão social e defender sua soberania. “[Diante] desta onda que a gente vive de exclusão social, de crise dos refugiados, de um mundo em guerra, Cuba semeia a paz”.

A determinação do povo cubano em defesa de um país mais justo e soberano deixou claro que “a morte de Fidel se reveste de muitos simbolismos. Num momento tão adverso de crise política e econômica, Cuba reafirma sua experiência na construção do socialismo”.

Ao participar do ato em homenagem a Fidel, os dirigentes brasileiros se perceberam em “um país soberano que caminha com as próprias pernas e procura cada vez mais descobrir seu potencial e viver sua experiência”.

Luciana destaca ainda que a solidariedade internacional foi uma característica marcante de Fidel Castro que está viva na consciência coletiva do povo cubano. Trata-se de um povo que “aprendeu este sentido anti-imperialista e patriótico de defesa do socialismo”.

Do Portal Vermelho