Enfermagem pressiona por votação da jornada de 30h semanais

Enfermagem pressiona por votação da jornada de 30h semanais
thumbnail_1365645817.jpg

thumbnail_1365645817.jpg

“A bandeira da Enfermagem é justa, é digna. Esses profissionais precisam de uma jornada que lhes garanta condições para o exercício qualificado da profissão”, defende Luciana.

resize_1365645817.jpg

Nesta terça-feira (9), foi a vez da Comissão de Legislação Participativa (CLP), da Câmara dos Deputados receber a mobilização pela aprovação da jornada de 30 horas semanais para os profissionais de Enfermagem.  Centenas de militantes dos mais diversos estados lotaram o auditório Nereu Ramos, a partir das 14 horas, após passeata pela Esplanada dos Ministérios.
 
O Projeto de Lei 2295/2000 está pronto para votação em plenário e é um dos campeões de mobilização para que conste na pauta da Casa.  A participação efetiva da categoria conversando com os parlamentares para que a votação se torne viável resultou, até o momento em que escrevemos essa matéria, em 226 requerimentos para que o item entre na ordem do dia.
 
Entre os autores destes requerimentos está  a deputada Luciana Santos. A parlamentar tem a aprovação da jornada de 30 horas semanais para a enfermagem entre as prioridades da sua atuação parlamentar. Em 2012, quando foi líder do PCdoB, pautou o tema em diversas reuniões de líderes buscando um consenso que permitisse a votação.
 
“A bandeira dos profissionais de enfermagem é justa e digna. Esses profissionais, a exemplo de outros da área médica que já conquistaram esse direito, precisam de uma jornada que lhes garanta o exercício qualificado da profissão, a condição para aperfeiçoar sua formação e o tempo justo para o repouso necessário”, defende.
 
No seminário promovido pela CLP também foram discutidas as condições de trabalho e a relação com o adoecimento dos profissionais.  Luciana acompanhou parte das atividades do encontro e conversou com os representantes da enfermagem de Pernambuco.  Ela reafirmou o compromisso do PCdoB com a mobilização e o diálogo para que o tema seja votado na próxima terça-feira (16), conforme prometido pelo presidente Henrique Alves, em reunião com entidades representativas e a deputada Jandira Feghali, ainda pela manhã.
 
“Seguiremos pressionando ao lado da enfermagem até que o projeto finalmente vire lei”, confirmou.
 
De Brasília,
Ana Cristina Santos