Frente em Defesa da Indústria Nacional planeja ações para 2013

Frente em Defesa da Indústria Nacional planeja ações para 2013
thumbnail_1363809129.jpg

thumbnail_1363809129.jpg

A deputada Luciana participou da reunião de coordenadores que avaliou a atuação no último ano e apontou as prioridades para o próximo período.

resize_1363809129.jpg

A quarta-feira é, certamente, o dia mais agitado da semana na Câmara dos Deputados. Cada minuto do dia dos parlamentares costuma ser aproveitado no sentido de cumprir todos os pontos da agenda. Com a deputada Luciana Santos não é diferente.

A hora do almoço, por exemplo, foi reservada para reunião da coordenação da Frente Parlamentar em Defesa da Indústria Nacional, que é presidida pelo deputado Newton Lima (PT/SP). No primeiro encontro do ano foi apresentado um relatório de atividades da frente em 2012 e discutido o plano de trabalho para 2013.

Para começar a pauta foi feito um resgate do momento de criação da Frente, em 27 de março de 2012, e as principais ações do grupo nesse intervalo, destacando a análise da Medida Provisória (MP) 563/2012, sobre desonerações na indústria manufatureira; a realização do seminário “Desafios da indústria Brasileira Frente à Competitividade Internacional”, em parceira com Comissões de Câmara e a participação nos mais diversos eventos realizados por Ministérios e Federações.

Para este ano a Frente prevê a discussão da situação da indústria manufatureira e um balanço do Plano Brasil Maior; a constituição de uma rede de acompanhamento dos trabalhos de competitividade; a participação conjunta com a Comissão de Desenvolvimento, Indústria e Comércio (CDEIC) em audiências públicas e eventos; e a realização da segunda edição do seminários “Desafios da Indústria brasileira Frente à Competitividade Internacional”.

De acordo com a deputada Luciana, que curiosamente é a única mulher entre os coordenadores, as atividades com setores da indústria e com representantes dos trabalhadores, sindicatos e centrais, também devem ser mantidas na agenda 2013. “É um momento interessante de troca de ideias que contribui para o debate e para a construção de medidas que colaborem com o crescimento e desenvolvimento desse importante setor da economia nacional”.

Já no próximo dia 27/03, informou o presidente, a Frente em Defesa da Indústria terá um desses momentos de debate e interlocução com a sociedade civil, num café da manhã organizado pela ABIMO – Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios, e pela ALANAC – Associação dos Laboratórios Farmacêuticos Nacionais, e que contará com a presença do Secretário Executivo do MDIC, Alexandre Teixeira.

De Brasília
Ana Cristina Santos