Homenagem: Selma, a dono do coco

Homenagem: Selma, a dono do coco
Selma

SelmaAos 84 anos, 60 deles dedicados à música, nove CDs gravados e um DVD, coquista homenageada no São João 2014 influencia a nova geração.

A voz e a locomoção comprometidas pela idade não foram capazes de afastar dona Selma do Coco dos palcos. Aos 84 anos, a rainha do ritmo que virou seu sobrenome, completa 60 anos de carreira. Ao lado das netas, Selma, que é uma das homenageadas do São João do Recife, faz planos de gravar CD novo. “A música é a minha alegria”, diz, soltando a gargalhada que eternizou a canção A rolinha.

Um dos endereços mais conhecidos de Guadalupe, em Olinda, a casa dela é ponto turístico. Patrimônio Vivo desde 2005, a cantora e compositora precisa de auxílio para se levantar da cadeira e subir escadas, mas não perdeu o gosto pela música.

Natural de Vitória de Santo Antão, a coquista vive em Olinda há mais de 50 anos, onde criou quatro dos 14 filhos. O marido morreu quando ela morava na Mustadinha. Nunca se casou novamente e vendeu tapioca na Sé para educar os meninos. Selma relembra que vendia a iguaria cantando os cocos que aprendeu nos sítios da infância.

Veja aqui a vídeo-reportagem.

Por Lenne Ferreira,
No Diário de Pernambuco