Luciana comemora revogação da Portaria do leite

Luciana comemora revogação da Portaria do leite
portariadoleite

portariadoleite

Em abril de 2013, devido à grave seca que afetou centenas de municípios nordestinos, o Governo Federal autorizou a produção de leite “longa vida” e pasteurizado a partir da reconstituição do leite em pó, pelo período de três anos, nos estados do Piauí, Maranhão, Rio Grande do Norte, Ceará, Pernambuco, Alagoas, Paraíba, Sergipe e Bahia. No período, a escassez de alimentos para os animais reduziu a produção leiteira e levou, até mesmo, à morte do gado na região.

Com o tempo e a superação da fase mais crítica da seca, a medida que foi tomada para  evitar prejuízos às economias locais e afastar a possibilidade de ocorrerem desabastecimentos acabou prejudicando os produtores. Em Brasília a deputada Luciana Santos prontamente se colocou à disposição para intermediar uma solução para o problema.

“Recentemente com a fase mais aguda e mais crítica da seca sendo superada, a medida tinha o efeito inverso. A importação desse leite em pó estava inviabilizando a produção da bacia leiteira de toda uma região do país”, relembra. A parlamentar esteve com o Ministro da Agricultura, Neri Geller, ao lado de representantes dos produtores de leite do estado de Pernambuco e empresários do setor para pedir a anulação da medida.

Luciana comemorou a revogação da Portaria, que ocorreu no início de julho desse ano. “Seguimos firmes na defesa de uma das atividades econômica que tem peso muito grande no nosso estado de Pernambuco”, argumentou a deputada. 

A bacia leiteira de Pernambuco é composta pelos municípios do Agreste. Entre eles, Garanhuns, Correntes, Pesqueira, São Bento do Una, São João, Itaíba, Águas Belas, Buíque, Tupanatinga, Pedra e Venturosa.

Texto – Fabiane Guimarães

Edição – Ana Cristina Santos

Foto – Google Imagens