Luciana: Criminalizar luta dos movimentos sociais é inaceitável

Luciana: Criminalizar luta dos movimentos sociais é inaceitável

Ontem (21), durante ato na Avenida Agamenon Magalhães, manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) foram agredidos e presos pela Polícia Militar de Pernambuco quando se dirigiam a sede da Secretaria de Habitação do Estado. Há relatos de violação de direitos. Um fotógrafo também foi detido.

Voltando de São Luís (MA), onde gravou o programa do PCdoB que vai ao ar no próximo mês de março, a deputada Luciana Santos se pronunciou sobre o assunto.

“Inaceitável a ação da Polícia de Pernambuco contra o protesto do MTST. Manifestamos nossa preocupação com a criminalização dos movimentos sociais e apontamos a necessidade de diálogo para buscar o consenso e a solução para as justas reivindicações tanto do movimento dos sem teto, como de todos os movimentos que justamente reivindicam melhores condições de vida e trabalho para os mais diversos setores sociais. O uso da força não pode ser a solução para mediação de conflitos. Toda solidariedade e apoio aos companheiros do MTST”.

Da assessoria.