Luciana: É primordial a busca da unidade de amplas forças democráticas

Luciana: É primordial a busca da unidade de amplas forças democráticas
Luciana Santos

Luciana Santos

A Comissão Política Nacional (CPN) do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), reunida nesta sexta-feira (26), na sede nacional do Partido em São Paulo, avaliou o curso político nacional. Na ocasião, a presidenta nacional do PCdoB, deputada Luciana Santos, reforçou que é indispensável reforçar a unidade de amplas forças democráticas, ante a escalada autoritária da direita neoliberal, em busca de caminhos que apontem alternativas para que o país avance.

Na reunião, Luciana avaliou o cenário político e disse que “a qualquer sinal da iniciativa política do governo, a oposição de direita neoliberal desencadeia novos ataques para agravar a crise política e econômica do país, dando sequência à escalada para desestabilizar o governo da presidenta Dilma Rousseff”.

Viés político da Operação Lava Jato

Reafirmando o necessário combate à corrupção, que deve resultar em julgamento e punição, Luciana pondera que essa aparência moralizadora se desmascara quando a grande mídia – integrante do consórcio oposicionista neoliberal – espalha boatos e rumores para conseguir ligar as denúncias de irregularidades nas empresas nacionais à imagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no âmbito da Operação Lava Jato.

Direita desvairada

A presidenta do PCdoB destacou ainda que a recente expedição golpista de senadores, liderada por Aécio Neves, em viagem à Venezuela, “revelou a face tresloucada de uma oposição reacionária para atacar o governo Dilma e se aventurar em interferir em assuntos internos de outros países, sob o risco de provocar um incidente democrático entre duas nações vizinhas”. Em contraponto, ressaltou Luciana, foi positivo a ida de uma outra comissão do senado, que contou com a participação da parlamentar do PCdoB, Vanessa Grazziotin. Para ela, a comissão cumpriu importante missão, motivada a defender a soberania do país vizinho.

Iniciativas econômicas

Luciana ponderou ainda sobre importantes iniciativas econômicas do governo para superar a presente crise política e alcançar a retomada do desenvolvimento, os exemplos positivos citados foram: Lançamento do programa Minha Casa Minha Vida 3, o aumento de custeio agropecuário no Plano Safra 2015/2016, o aporte de R$ 28,9 bilhões para o Novo Plano da Agricultura Familiar – maior volume de crédito da história para o setor –, Plano de Exportações, o Plano de Concessões – visando atrair investimentos na ordem de R$ 190 bilhões, sobretudo para os setores de infraestrutura e logística.

Unidade ampla das forças democráticas

“Tarefa emergencial dos comunistas é rechaçar e derrotar a onda conservadora, como condição primeira para que venhamos a realizar as reformas estruturais democráticas necessárias ao desenvolvimento nacional”.

Luciana destacou ainda como fatores positivos as conclusões do 5º Congresso do PT e a vitoriosa 10ª Conferência Nacional do PCdoB, que renovou o clima de unidade e combatividade.

Para concluir, a presidenta nacional do PCdoB, reafirmou que é imperativo a unidade das forças progressistas no sentido de procurar alternativas e novos caminhos que se aflore e se avance por mais conquistas para o povo brasileiro.

Do Portal Vermelho

Foto: Viola Jr