Luciana na CTB: Governo Temer é entreguista e precisa ser enfrentado nas ruas

Luciana na CTB: Governo Temer é entreguista e precisa ser enfrentado nas ruas

Na sexta-feira (25), a deputada Luciana Santos, presidenta nacional do PCdoB, participou do 4º Congresso da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), que aconteceu em Salvador, Bahia.

Durante o encontro Luciana falou sobre a difícil conjuntura nacional e destacou a importância da organização dos trabalhadores para enfrentar a agenda política de retrocessos imposta pelo governo Temer. “Estamos diante de um ataque muito grande aos direitos dos trabalhadores com a mudança da CLT, a terceirização e ainda a ameaça de liquidar a previdência pública”, avaliou a deputada.

“Não há alternativa fora da luta. Luta no campo das ideias, para esclarecer ao povo o significado dessas mudanças e capacidade de colocar gente nas ruas, que é o palco principal de pressão, precisamos exercer pressão para evitar que um governo que nunca passou pelo crivo das urnas imponha uma agenda tão perversa não só para os trabalhadores, mas para o país”, frisou.

A parlamentar, que tem sido um dos ícones do enfrentamento à política de privatização do (des) governo Temer no Congresso Nacional, criticou as medidas que abriram mão de um patrimônio como o pré-sal, cujos ativos iam ampliar o financiamento na Educação e na Saúde; assim como a situação de desmonte dos bancos públicos, que “são transmissores de políticas sociais e de inclusão social, bem como fomentadores da política industrial e de inovação”. “Isso para não falar da atual ameaça de privatização do setor elétrico, dos portos e até da Casa da Moeda. É um governo entreguista e ultraliberal”, criticou.

Neste sentido Luciana destacou a importância da CTB. “Essa é uma central classista, consequente, que tem todas as condições de fazer reação a altura do que o país precisa”.

Assista ao vídeo:

https://youtu.be/hBYJxdnk-n8

De Brasília;
Ana Cristina Santos

Vídeo-entrevista: Assessoria CTB

Foto: Manoel Porto/CTB