Manifesto: compromisso com a Ciência, a Tecnologia e a Inovação

Manifesto: compromisso com a Ciência, a Tecnologia e a Inovação
UPE-Manifesto

UPE-Manifesto

Por mais mudanças e mais conquistas!

    Os pesquisadores e gestores de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado apresentam neste manifesto às candidaturas de Luciana Santos 6510, à reeleição para a Câmara dos Deputados, e de Marcelino Granja 65100 a deputado estadual, propostas em busca de consolidar e ampliar as deputado estadual, propostas em busca de consolidar e ampliar as conquistas recentes do desenvolvimento de Pernambuco e do Brasil.

    Por suas trajetórias pessoais, políticas e profissionais, Luciana e Marcelino reúnem todas as condições para representar o povo pernambucano nos Parlamentos federal e estadual, e fortalecer a CT&I como instrumento do desenvolvimento.

    Única mulher a integrar a bancada de Pernambuco na Câmara dos Deputados, membro da Comissão de Ciência e Tecnologia e da Frente Parlamentar de Cultura, Luciana Santos tem comprovada competência na gestão pública, inclusive, quando marcou sua passagem pela Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia pela gratuidade da UPE e por uma maior integração do Sistema Estadual de CT&I. Tem atuação destacada pela defesa firme e combativa dos interesses dos trabalhadores, das mulheres e da juventude. Contribuiu decisivamente para a aprovação do Plano Nacional de Educação, com a destinação de 10% do PIB e de 75% dos royalties do petróleo do pré-sal para a Educação, do Marco Civil da Internet, da Lei do Audiovisual e da Lei da Cultura Viva.

    Como gestor, Marcelino Granja elevou o papel da Secretaria de Ciência e Tecnologia a um novo patamar, com a maior expansão do ensino superior público e gratuito e dos investimentos em pesquisa já alcançados no Estado; implantou um dos mais ousados programas de inclusão sócio-digital do país e ajudou a consolidar uma política avançada de apoio aos habitats de inovação, como os parques tecnológicos, incubadoras de empresas e a Lei de Incentivo à Inovação Industrial, reconhecida nacionalmente.

    Lutamos por investimentos crescentes e pelo fortalecimento do Sistema Nacional e Estadual de CT&I voltados para atualizar o projeto nacional de desenvolvimento inaugurado pelo ex-presidente Lula em 2003, com mais desconcentração e descentralização da indústria e da infraestrutura, integração nacional e regional, distribuição de renda, solução da questão energética e ambiental, elevação da qualidade da saúde e da educação em todos os níveis e reurbanização para humanizar as cidades brasileiras, fortalecendo o Estado Nacional como indutor e articulador do crescimento e do processo de mudanças.

     

    A partir dessas diretrizes, propomos:

     

    -Recompor os recursos do FNDCT.

    -Implementar o PNCTI/NE (Plano Nacional de CT&I para o Nordeste).

    – Reformular o Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia para adequá-lo à realidade atual do Sistema Estadual de CT&I.

    – Institucionalizar a articulação estadual e regional entre as IES e ICTs.

    – Fortalecer a UPE como instrumento de desenvolvimento do Estado.

    – Aprimorar o PROUPE para fortalecer o ensino do nível médio e apoiar as Autarquias como instrumentos de desenvolvimento das microrregiões do Estado.

    – Fortalecer o ParqTel e demais habitats de Inovação.

    – Reforçar a atuação do Porto Digital no campo da Economia Criativa e na utilização de sua expertise para a área de TI no interior do Estado.

    – Implementar os parques tecnológicos de Fármacos e Biociências e de Metal-Mecânica.  Implementar centros avançados de desenvolvimento e certificação de produtos e ideias. Apoiar a proteção intelectual e a transferência de tecnologia.

    – Fortalecer a Facepe na sua articulação com as políticas públicas de desenvolvimento econômico e social, em especial nas questões do meio ambiente e clima, energias renováveis e reurbanização para humanização das cidades.

    – Consolidar a Empresa Pernambuco de Comunicação / TV PE como instrumento da democratização da comunicação, da valorização do nosso patrimônio cultural e de apoio à educação e à integração regional.

    – Instituir o PCCV da área de CT&I do Governo do Estado.

         Luciana Santos 6510, reeleita deputada federal, e Marcelino Granja 65100, eleito deputado estadual, por Pernambuco e o Brasil cada vez mais soberanos, democráticos, sustentáveis e socialmente justos!