Siqueira: Padre Pedro Rubens e a Universidade sem fronteiras

Siqueira: Padre Pedro Rubens e a Universidade sem fronteiras

Por Luciano Siqueira, no Blog de Jamildo (JC Online)

Sintonizada com os desafios da contemporaneidade – “um tempo de mudanças” -, mirando o futuro a partir de ousadas escolhas estratégicas no presente: assim é a Universidade Católica de Pernambuco, aos 70 anos, na viva expressão do discurso de posse do Reitor Padre Pedro Rubens, semana passada, que inicia seu terceiro mandato.

Para muito além da formalidade própria dessas ocasiões, o Padre Pedro sintetizou o produto de uma praxis desenvolvida pela Unicap, que tem a cor e o cheiro da tradição mesclados com a reinvenção cotidiana. Na atualidade, o tripé Ensino, Pesquisa e Extensão é fortemente permeado pelo conceito de que “o campus é a cidade” e por ampliadas relações interinstitucionais em âmbito nacional e internacional. “Essa concepção de universidade, embora em permanente construção – sublinha o reitor -, é um verdadeiro patrimônio nacional e, aprofundado, pode representar uma bela contribuição do Brasil no mundo.”

Não fui aluno da Unicap, mas com ela tenho interagido em muitos momentos de minha vida – dos anos 60 ao tempo presente, permitindo-me um olhar multifacetado sobre a instituição – enxergando-a seja como palco da luta contra a ditadura militar, abrigando episódios marcantes; seja como instrumento de formação e capacitação de recursos humanos para o desenvolvimento da região. Também como instituição parceira da Prefeitura do Recife.

O diálogo e a cooperação mútua entre a Prefeitura e a Unicap comporta variadas dimensões e muitas oportunidades, e muito há ainda a ser explorado.

O conceito inovador de que “o campus é o território da cidade”, surge assim correto e oportuno. Valoriza o Recife, acentua a amplitude da missão da Unicap. Nas últimas décadas, na esteira da internacionalização da economia na forma “globalizada” como hoje se apresenta, as cidades têm seu papel ampliado e, sem prejuízo dos Estados nacionais, interagem entre si mundo afora mediante redes temáticas. Trocam experiências, aprendem mutuamente na busca de soluções para os graves problemas urbanos que emergem na atualidade.

A Unicap é parte disso, no dizer do Reitor Padre Pedro, quando acentua “o desafio da internacionalização de uma instituição genuinamente nordestina, como uma universidade sem fronteiras.” Para tanto, “amplia sua atuação graças a inúmeras parceiras com a Igreja católica, governo municipal e estadual, empresas, ONGs e organizações da sociedade civil.”

Que assim seja. Para o bem de nossa gente.