Paulo Câmara e Luciana Santos empossados no Governo de Pernambuco

Paulo Câmara e Luciana Santos empossados no Governo de Pernambuco

Acompanhada pela filha Luana, de seis anos, Luciana Santos chegou a Assembleia Legislativa de Pernambuco na tarde desta terça-feira (1º), para fazer história. Empossada ao lado de Paulo Câmara (PSB), é a primeira mulher no cargo de vice-governadora do estado.

Na Vice-governadoria a presidente nacional do PCdoB pretende contribuir objetivamente com o governo nas áreas em que acumulou experiência, a exemplo da Ciência, Tecnologia e Inovação e da Cultura; além de ampliar a abrangência das políticas públicas para as mulheres para além da Secretaria de Mulheres.

Juramento_Paullo Almeida_FolhaPE

“Pretendo fazer jus a essa tradição da combatividade e da irreverência das mulheres pernambucanas. Basta dizer das grandes batalhas, entre elas das mulheres de Tejucupapo ou de Cristina travares, a primeira mulher que assumiu o mandato de deputada federal na história. É esse legado que eu vou procurar representar, dando continuidade e me movendo pelas mesmas aspirações que elas se moveram em seu tempo, que é de justiça e da igualdade”, afirmou.

Diálogo e pacificação pelo desenvolvimento nacional

Sobre a política nacional, o tom do pensamento do novo governo foi dado no discurso de posse de Paulo Câmara. Ele enfatizou a necessidade de pacificar o país e abrir canais de diálogo com todas as forças políticas. “É urgente desmontar os palanques, desarmar os espíritos, buscar o mínimo de convergências que nos permitam preservar as conquistas democráticas e avançar”, pontuou.

WhatsApp Image 2019-01-01 at 18.03.28

Também relembrou a tradição de lutas protagonizadas pelo estado, sempre que necessárias. “A submissão, em qualquer tempo, de qualquer natureza, por qualquer motivo, é incompatível com o espírito libertário dos pernambucanos. Apoiaremos decisões que beneficiem Pernambuco e o Nordeste, a exemplo das obras complementares da transposição das águas do Rio São Francisco e da conclusão da Ferrovia Transnordestina. Mas seremos contra iniciativas que comprometam o futuro do estado e da região como a privatização da CHESF”.

Ele citou ainda realizações do seu primeiro mandato, numa breve prestação de contas, e a importância de seus antecessores, em especial os ex-governadores Miguel Arraes e Eduardo Campos, para a estruturação e fortalecimento do estado.

O governador encerrou o pronunciamento reforçando o espírito de pacificação necessário ao momento político do país. “Precisamos de paz, porém não a paz do silêncio imposto pela força. Queremos a paz viva, do debate, do contraditório, da liberdade de opinião. A paz da democracia. Precisamos de paz para trabalhar, vencer a miséria, a violência e o desemprego, para ajudar milhões de jovens a encontrar um futuro melhor e mais proveitoso”.

Sobre o pronunciamento de Câmara, Luciana avaliou que a posição política do estado foi demarcada com serenidade e elegância. “O governador afirmou princípios democráticos, colocou os interesses de Pernambuco como prioritários e foi claro quando falou a respeito de questões estruturantes como, por exemplo, a posição contra a privatização da CHESF. Ele reafirmou compromissos importantes de campanha, ou seja, mostrou firmeza, clareza nos rumos e principalmente a disposição de se mover pelo aspecto democrático”.

WhatsApp Image 2019-01-01 at 18.03.25 (1)

WhatsApp Image 2019-01-01 at 18.03.26 (1)

Ao final da solenidade Paulo e Luciana receberam os cumprimentos dos presentes. Aberta ao público, a posse contou com a presença de secretários municipais e estaduais, parlamentares do Governo e da oposição, autoridades dos três poderes, além do prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), do arcebispo de Recife e Olinda, Dom Fernando Saburido e do ex-presidente e membro do Comitê Estadual do PCdoB, Alanir Cardoso. Os deputados federais eleitos Renildo Calheiros (PCdoB) e João Campos (PSB), além da ex-primeira dama de Pernambuco, Renata Campos também prestigiaram a cerimônia.

Biografias

Paulo Câmara é natural do Recife, mestre em Gestão Pública pela Universidade Federal de Pernambuco, onde também fez graduação em Economia e especialização em Contabilidade e Controladoria Governamental. Foi secretário de Administração, Turismo e Fazenda no governo de Eduardo Campos (2007-2014) e está no seu segundo mandato como governador de Pernambuco.

Luciana Santos é natural do Recife. Engenheira Eletricista pela Universidade Federal de Pernambuco é presidente nacional do Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Foi deputada estadual de Pernambuco, Prefeita de Olinda por dois mandatos consecutivos, Secretária de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente de Pernambuco no Governo de Eduardo Campos e deputada federal por dois mandatos consecutivos (2011-2018).

Ana Cristina Santos,

com Agências,

Fotos: Diego Galba

Foto Juramento: Paullo Almeida/Folha PE

Foto Destaque: Andrea Rego Barros