PEC do Trabalho Escravo

PEC do Trabalho Escravo

 

Sra. Presidenta, Srs. Deputados, Sras. Deputadas,

Esta Casa tem a chance, no dia de hoje, de realizar mais um marco histórico!

Esta Casa já votou — eu não, porque não era da Câmara dos Deputados — em 2004, no primeiro turno, a legislação que pune aqueles que praticam o crime do trabalho escravo. Hoje, séculos depois de conquistarmos a Abolição da Escravatura, a escravidão ainda permanece no País.

Recentemente foram retirados da escravidão 35 mil trabalhadores, o que revela que ainda precisamos superar essa prática que agride a dignidade humana, uma situação comparável ao tempo da Idade Média.

É preciso darmos esse salto civilizatório. Não podemos conviver com essa situação de trabalho escravo no País e, para isso, esta Casa tem a chance de votar hoje a PEC 438.

Nós da bancada do PCdoB estamos aqui presentes, exatamente na perspectiva de garantir que esta Casa vire essa página da história do Brasil e faça valer o trabalho digno e humano, para que, de fato, nós nos coloquemos no patamar dos países mais civilizados do planeta.

Era isso, Sra. Presidenta.