Pernambuco fará reunião da SBPC focada na educação e na interiorização

Pernambuco fará reunião da SBPC focada na educação e na interiorização
thumbnail_1366725983.jpg

thumbnail_1366725983.jpg

A capacitação de professores será uma das novidades da edição pernambucana da 65ª Reunião Anual da SBPC.

resize_1366725983.jpg

Cerca de 15 mil professores da Rede Estadual de Ensino serão capacitados pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Essa será uma das novidades da edição pernambucana da 65ª Reunião Anual da SBPC, que este ano acontecerá entre os dias 21 a 26 de julho, no Campus da UFPE, no Recife.

Outra inovação é que cinco polos do Interior do Estado também participarão do encontro via transmissão televisiva. As decisões foram ajustadas entre o governador Eduardo Campos e membros da SBPC, durante audiência nesta sexta-feira (19/4), na Sede Provisória do Governo, no Centro de Convenções. Na ocasião, Eduardo foi convidado para abrir o evento, que é considerado o maior do segmento em toda a América do Sul.

“É uma honra muito grande que este evento seja realizado em Pernambuco. É um reconhecimento ao protagonismo do Estado na formação no nosso sistema de Ciência e Tecnologia. E é do nosso extremo interesse fomentar debates que vão ajudar ao País a resolver seus gargalos”, afirmou, sugerindo, inclusive temáticas relacionadas ao combate da seca para os pesquisadores. Entidade civil sem fins lucrativos, a SBPC promove debates sobre questões que determinam os rumos das políticas de Ciência e Tecnologia e da educação no Brasil. “Estaremos discutindo temas que vão desde mudanças na grade curricular do ensino básico a formas de lançamento de foguetes. É a ciência de ponta, o que está acontecendo de melhor na ciência brasileira”, detalhou a presidenta da instituição, Helena Nader.

A SBPC separou dois dias da semana que antecede o evento principal para ofertar os cursos de qualificação ao professorado pernambucano. “É a primeira vez que há ampliação do período da SBPC. Então, os dias 16 e 17 de julho serão voltados para um conjunto de atividades que serão ofertados aos professores da rede estadual. Tanto essas atividades como as da semana da reunião serão executadas em parcerias com outras universidades para garantir a interiorização das informações”, explicou o secretário de Ciência e Tecnologia, Marcelino Granja. Os municípios do Interior contemplados são Caruaru, Garanhuns, Petrolina e Serra Talhada.

“Pernambuco é um estado líder e tem uma ciência pujante, reconhecida nacional e internacionalmente. Hoje, acordamos o envolvimento do Governo para a mobilização dos estudantes pernambucanos. O governador tem sido muito sensível e colocou a sua equipe à nossa disposição para que a ciência possa prestar contas à sociedade da sua contribuição”, completou Nader. A edição pernambucana espera atrair o maior público da história da SBPC: estima-se mais de 20 mil inscritos. Além da comunidade acadêmica, o encontro tem como público-alvo as famílias e pessoas das mais variadas faixas etárias interessadas em ciência.

Fonte: Secretaria de Ciência e Tecnologia de Pernambuco
Fotos: Aluisio Moreira/SEI