Tem início a construção da Via Metropolitana Norte

Tem início a construção da Via Metropolitana Norte
thumbnail_1378844543.jpg

thumbnail_1378844543.jpg

Obra viária terá 6,1 quilômetros e ligará a PE-15, em Olinda, à PE-01 (limite entre Rio Doce e Janga)e será entregue em 30 meses

resize_1378844543.jpg

Foi assinada nesta segunda (09/09) a Ordem de Serviço das obras da Via Metropolitana Norte. A nova ligação entre Olinda e Recife beneficiará em torno de 130 mil pessoas. Serão duas pistas marginais com 10,5 metros de largura, com três faixas de rolamento cada, uma ciclovia ao longo da pista oeste, com 2,5 metros de largura, um viaduto sobre a PE-15, além do revestimento de 2,3 quilômetros de canal em complementação aos outros 2,3 quilômetros que já estão em obras pela Companhia Estadual de Habitação (Cehab).
 
A ordem de serviço foi assinada na Rua Pintor Manuel Bandeira, no bairro de Fragoso I, e contou com a presença do governador do Estado de Pernambuco, Eduardo Campos, do prefeito de Olinda, Renildo Calheiros, do secretário estadual das Cidades, Danilo Cabral, do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, o vice-prefeito de Olinda Enildo Arantes, e a deputada federal (PCdoB), Luciana Santos. 
 
 ""
 
“Esse é um sonho antigo da população de Olinda. Graças aos esforços da atual prefeitura e da parceria entre governo estadula e federal a obra se tornará possível. A população é quem mais ganha“, disse Luciana durante o evento.
 
A implantação da Via Metropolitana Norte facilitará a vida de pelo menos 70 mil motoristas e 60 mil usuários de ônibus que saem dos bairros de Maria Farinha, Pau Amarelo, Janga, Rio Doce e Jardim Atlântico. O sistema viário liga as rodovias PE-15 e PE-01, com faixa exclusiva para ônibus.
 
""
 
Renildo Calheiros, falou da importância da obra da Via Metropolitana Norte, e disse se tratar de uma das mais importantes, dentre todas que estão sendo realizadas no Brasil. “Essa é a obra mais reclamada pela Cidade de Olinda. É uma obra que atravessa a nossa Cidade. Sai da Ponte do Janga, chega à Perimetral e vai terminar dentro da Cidade do Recife. Estrategicamente é a obra mais importante da história de Olinda. Ela cruza uma área onde a população sempre viveu numa condição muito difícil, e que sempre teve uma pauta de reivindicações muito extensa”, informou.
 
Nos canais, que já estavam em obras, estão sendo implantadas estruturas de concreto-armado chamadas de Aduelas. São peças que são encaixadas, formando o novo leito do canal, onde a água passará por dentro. Por conta do fluxo de água que cada canal recebe, a largura será diferente: 12 metros nos Bultrins, 35 metros no Fragoso, e 45 metros no Rio Doce.

""

 
“O projeto valorizará as moradias da região e reduzirá o tempo de ir e vir. Outra vantagem é que os moradores poderão usar a ciclovia para fazer exercícios, melhorando a saúde“, informou o governador Eduardo Campos.
 
 
Fonte: Prefeitura de Olinda