Tratamento homeopático para infecções virais

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


As infecções causadas pela presença de um vírus no organismo são conhecidas como infecções virais. Um ou mais vírus causam essas infecções e são comuns na prática clínica. Embora essas infecções possam afetar qualquer pessoa, crianças e idosos são mais suscetíveis devido ao sistema imunológico mais fraco. O tratamento homeopático para infecções virais ajuda a resolver a condição, fortalecendo naturalmente o sistema imunológico, permitindo assim que o corpo lute contra infecções. tratamento homeopático para infecções virais
Algumas infecções virais são autolimitadas, enquanto outras podem levar a complicações graves. Essas infecções produzem sintomas debilitantes e afetam o dia-a-dia da pessoa infectada.
Os sintomas variam dependendo dos órgãos ou sistemas afetados pelo vírus. Os sintomas mais proeminentes incluem febre alta e dor corporal intensa com fraqueza acentuada. Além disso, também ocorrem sintomas específicos.

Como as infecções virais se espalham?

As infecções virais são altamente contagiosas e são transferidas muito rapidamente por contato direto ou indireto. Infecções virais da pele, como herpes e varicela, espalham-se por contato direto ou indireto através de secreção infecciosa. Essa secreção exala de erupções cutâneas que são um sintoma comum dessas doenças.

As infecções virais do sistema respiratório se espalham pela exposição a descargas nasais ou respiratórias. A descarga é espalhada ao tossir ou espirrar, ou pelo contato direto com itens como lenços ou utensílios contaminados.

As infecções virais podem levar a gastroenterite ou hepatite. Aqui a propagação ocorre pela ingestão de alimentos ou água contaminados. Poucas infecções virais se espalham pela picada de insetos, como mosquitos ou carrapatos. Eles incluem febre hemorrágica, p. dengue, chikungunya, etc. Existem infecções virais sexualmente transmissíveis, como AIDS, hepatite B, etc. Elas se espalham por relações sexuais desprotegidas com parceiros infectados. A disseminação também pode ocorrer por transfusão de sangue.

Sintomas de infecções virais

Os sintomas de uma infecção viral dependem da natureza do vírus, idade e estado de saúde do paciente e do órgão afetado.
No entanto, existem sintomas gerais presentes em todas as infecções virais. Estes incluem febre alta e aumento e refluxo, acompanhados de frio. O paciente pode se queixar de extrema fraqueza e fadiga. Também é notada dor acentuada na cabeça, dor no corpo, dor muscular e dor nas articulações.
Náusea e vômito são alguns outros sintomas associados a infecções virais.

A febre é o sintoma mais comum presente em quase todas as infecções virais. É a reação do sistema imunológico do corpo contra corpos estranhos, como vírus. É um sintoma preocupante em crianças e o alívio rápido é frequentemente procurado através de medicamentos para diminuir a febre.
Os medicamentos para baixar a febre suprimem a febre temporariamente, mas a infecção dentro do corpo persiste.

Tratamento homeopático para infecções virais

Os medicamentos convencionais não oferecem tratamentos abrangentes para infecções virais. Certos vírus, como gripe, HIV, etc., tendem a sofrer mutações (mudanças) muito rapidamente, diminuindo a eficácia desses medicamentos. Além disso, os vírus desenvolvem rapidamente resistência a esses medicamentos, tornando o desenvolvimento da medicina preventiva um tanto desafiador. Os medicamentos convencionais, portanto, apenas fornecem gerenciamento e supressão dos sintomas.
O tratamento homeopático para infecções virais ajuda a aliviar os sintomas e também permite que o corpo se cure naturalmente.

O tratamento da homeopatia para infecções virais está constantemente ganhando popularidade como uma maneira natural de lidar com infecções virais. Esses medicamentos ajudam a reduzir a frequência e a intensidade de sintomas agudos, como fraqueza, febre, dor no corpo etc. Eles ajudam na recuperação rápida. Em alguns casos, eles reduzem as chances de novas complicações. O tratamento da homeopatia para infecções virais trata os sintomas não suprimindo-os, mas fortalecendo o sistema imunológico. Ativa as propriedades restauradoras naturais do corpo, produzindo sintomas semelhantes aos experimentados pelos pacientes. Este método ajuda a resolver distúrbios internos subjacentes no corpo. O tratamento da homeopatia para infecções virais também minimiza a fraqueza e fadiga comumente encontradas como consequência da infecção.

As infecções virais são altamente transmissíveis e se espalham rapidamente de uma pessoa para outra. O tratamento da homeopatia para infecções virais também é preventivo e ajuda a reduzir as chances de contrair a infecção.

1. Infecções virais que afetam a pele

As infecções virais mais comuns da pele incluem infecção por Herpes simplex, verrugas e febres eruptivas como varicela, sarampo, rubéola, etc.

Leia Também  Estudo revela importantes plantas com flores para as abelhas urbanas

Herpes Simplex

Herpes simplex é uma infecção viral que pode ocorrer em qualquer parte do corpo. Os sites mais comuns incluem boca, face, órgãos genitais e região anal. É de dois tipos – Tipo 1 e Tipo 2.
O tipo 1 é o herpes oral que afeta principalmente a boca e o rosto. Ele se espalha por contato direto com uma pessoa infectada.
O tipo 2 é uma infecção sexualmente transmissível que afeta a região genital e anal. As feridas se desenvolvem na boca, face, área genital e anal. Sintomas gerais de febre, dores no corpo também estão presentes. Em alguns casos, a infecção pode se espalhar para os olhos e causar dor, secreção e granulação nos olhos.
O tratamento da homeopatia para infecções virais como o herpes simplex inclui o uso de medicamentos como Natrum Mur, Rhus Tox e Petroleum.
Natrum Mur é indicado onde surgem erupções na pele durante a febre. Eles são preenchidos com fluido e eventualmente explodem, deixando para trás uma crosta fina. Eles podem se apresentar ao redor da boca ou nos braços e coxas.
Nos casos em que prurido e queima intoleráveis ​​acompanham a infecção por herpes simplex, é utilizado o medicamento Rhus Tox. O paciente tem vontade de coçar, mas coçar não fornece alívio. As erupções podem conter um líquido aquoso amarelo.
O petróleo é um medicamento para o herpes simplex acompanhado de feridas com comichão. As erupções podem se transformar em úlceras e estar presentes no peito, pescoço e joelho.

Febres Eruptivas

As febres eruptivas, como o nome indica, são febres virais nas quais os sintomas gerais estão presentes com erupções cutâneas características. Varicela, sarampo e rubéola são febres eruptivas.

Catapora

O vírus varicela-zoster (VZV) causa varicela. É uma doença altamente infecciosa que afeta principalmente crianças, mas também pode afetar adultos. Ele se espalha através do contato com uma pessoa infectada através de espirros, tosse, saliva e descargas de erupções cutâneas.
Os sintomas são leves em crianças e mais pronunciados em adultos.
Os sintomas da varicela incluem sintomas gerais de infecções virais, juntamente com uma erupção cutânea típica. A erupção irrompe primeiro no tronco e no rosto, onde é densa. Em seguida, se espalha para os membros.
Essas erupções cutâneas são bolhas vermelhas e com coceira, cheias de líquido com uma crosta no topo.
Cada nova erupção cutânea vem com um aumento na temperatura. O tratamento da homeopatia para a varicela inclui medicamentos como Antim Crud e Antim Tart.
Antim crud é usado quando há formação de pústulas acompanhadas de coceira. Há dor ao coçar. As erupções podem vazar líquido verde-amarelado. Eventualmente, crostas espessas podem se desenvolver e o paciente pode se sentir fraco.
Antim Tart é outro tratamento para a varicela com prurido e erupções cutâneas vermelhas. Erupções vesiculares dolorosas podem ocorrer em todo o corpo. Eles podem se encher de pus e secar, formando uma crosta marrom. A febre geralmente ocorre com essas erupções.

Telhas

Herpes zoster (telhas) é uma doença de pele comum causada pelo vírus varicela-zoster. Em alguns casos, o vírus está presente nos nervos do corpo de forma inativa. O vírus se torna ativo e afeta os nervos no caso de a imunidade enfraquecer. Isso leva a erupções cutâneas dolorosas e é comum em adultos e idosos. Sintomas gerais acompanham o desenvolvimento de erupção cutânea ao longo do comprimento do nervo. A erupção se desenvolve em uma pequena faixa ou área de tira. À medida que a doença progride, as erupções cutâneas se transformam em bolhas cheias de líquido. Dor e coceira estão presentes, seguidos pela formação de uma crosta. A cura leva entre 15 a 30 dias, mas a dor pode persistir por mais tempo.
O tratamento para infecções virais como o herpes zoster inclui medicamentos como o bulbo Ranunculus, o Mezereum e a Clematis. O bulbo de ranúnculo é indicado quando as bolhas são de cor azulada-preta. Eles podem se encher de líquido e causar queimaduras e coceira extremas. Após a ruptura, forma-se uma crosta dura no lugar da bolha.
Mezereum é usado no tratamento de telhas com fortes dores nevrálgicas acompanhadas de coceira. Pode piorar com o toque na maioria dos casos. As bolhas podem queimar e formar crostas marrons que cicatrizam lentamente.
Clematis é um tratamento bem conhecido para casos de longa data de herpes zoster. As erupções (nos casos em que este medicamento é necessário) são vermelhas, juntamente com coceira intensa que pode piorar após a lavagem.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Sarampo

O sarampo é outra doença altamente infecciosa causada pelo vírus rubeola. Afeta mais as crianças e se espalha pelo contato com uma pessoa infectada. Os sintomas incluem sintomas gerais de infecções virais e uma erupção cutânea marrom avermelhada típica. Espirros, olhos lacrimejantes e tosse também podem estar presentes. Uma característica é a presença de manchas branco-azuladas na mucosa oral (mancha koplik).
O tratamento da homeopatia para o sarampo inclui medicamentos como Pulsatilla, Euphrasia e Morbillinum. Pulsatilla e Euphrasia são administradas principalmente na fase catarral do sarampo. Coriza grave com vermelhidão dos olhos e lacrimação profusa (fluxo de lágrimas) também podem estar presentes.
O morbillinum é principalmente um medicamento preventivo para o sarampo.

Leia Também  Dicas que podem ajudá-lo a colocar a artrite reumatóide em remissão

Verrugas

Verrugas virais ocorrem devido à infecção pelo papilomavírus humano (HPV). Estes são crescimentos inofensivos da pele que comumente se espalham através do contato direto com uma pessoa infectada. Verrugas podem ocorrer em qualquer idade, mas são mais comuns entre crianças em idade escolar. Verrugas são de vários tipos; como verrugas planas (com superfície plana), como são vistas no rosto e nas mãos, verrugas plantares nas solas dos pés, verrugas filiformes (com haste) na face e verrugas mucosas na boca ou ao redor dos lábios.
O tratamento da homeopatia para infecções virais como verrugas inclui medicamentos como Thuja, Ácido Nítrico e Causticum. Thuja é usado para tratar todos os tipos de verrugas. Eles são grandes e aparecem principalmente nas costas das mãos.
Verrugas acompanhadas de dor e queimação são tratadas com Causticum. O ácido nítrico ajuda nos casos em que há dor aguda, sangramento após a lavagem e verrugas dolorosas ao toque. Estes geralmente aparecem no lábio superior.

2. Infecções virais que afetam o sistema respiratório

As infecções virais do sistema respiratório incluem resfriado comum, dor de garganta, sinusite, gripe, etc.

Resfriado comum

O resfriado comum e a garganta inflamada são as infecções virais mais comuns, e toda pessoa geralmente as experimenta pelo menos uma vez na vida. Estes são altamente contagiosos e se espalham de pessoa para pessoa através de espirros ou tosse. Os sintomas incluem coriza, espirros, olhos lacrimejantes, nariz entupido, dor na garganta, dores no corpo e febre.
O tratamento da homeopatia para o resfriado comum inclui o uso de medicamentos Allium cepa e Euphrasia. Allium cepa é usado nos casos em que há descargas nasais acre profusas acompanhadas de espirros. Uma dor de cabeça também pode estar presente, juntamente com descargas dos olhos. O frio geralmente aparece após a exposição a ventos úmidos. A eufrásia também é usada para tratar o resfriado comum, onde espirros acompanham descargas nasais abundantes. Descargas irritantes para os olhos também podem estar presentes.

Gripe

A gripe é outra infecção viral do sistema respiratório, também conhecida como gripe. O vírus causador é o vírus influenza A e B. O vírus influenza é uma cepa que muda constantemente e novas cepas aparecem todos os anos. Geralmente afeta crianças pequenas e idosos. Pessoas com baixa imunidade, doenças crônicas do coração ou dos pulmões correm maior risco de contrair esse vírus. É autolimitante em alguns casos, causando complicações graves em outros. Os sintomas da gripe inicialmente se assemelham ao resfriado comum. Febre com um calafrio, dor de cabeça, dor no corpo, congestão de nariz e garganta, dor de garganta, fraqueza, coriza, espirros, olhos lacrimejantes, etc. são os sintomas típicos. Estes desenvolvem-se repentinamente e tendem a durar mais que o resfriado comum. Esses sintomas são graves por 3-4 dias, mas o paciente se recupera após 7 a 10 dias.
O tratamento da homeopatia para infecções virais como a gripe inclui medicamentos como Aconite, Gelsemium, Oscillococcinum e Influenzinum.
O acônito é indicado nos casos em que houve exposição a correntes de vento frio e seco. Os sintomas aparecem de repente e com alta intensidade. O nariz fica entupido com descargas nasais escassas e aquosas. Pode ocorrer febre, juntamente com inquietação.
O gelsemium trata a gripe, onde o embotamento e a sonolência acompanham os sintomas típicos, e o paciente é propenso a contrair o vírus com a mudança do clima. Os efeitos posteriores da gripe permanecem por muito tempo. A fraqueza, juntamente com as descargas finas, acre e aquosas do nariz, está presente. Vermelhidão dos olhos com descargas aquosas também é um sintoma comum.
O Influenzinum é um medicamento que reduz a intensidade desses sintomas. Também impede a propagação de infecções. Oscillococcinum também é usado no tratamento e ajuda a reduzir a duração e a gravidade de sintomas como febre, dores no corpo, dor de cabeça, etc.

3. Infecções virais que afetam o trato gastrointestinal

Gastroenterite

O rotavírus e o norovírus são as causas comuns de gastroenterite (inflamação do estômago e intestinos) em bebês e crianças pequenas. Estes são altamente contagiosos e se espalham comendo ou bebendo comida ou água contaminada. Os sintomas da infecção incluem febre, náusea, vômito, diarréia aquosa, dor no abdômen, fraqueza, dor no corpo, etc. Em alguns casos, é autolimitante e o paciente se recupera dentro de alguns dias. No entanto, em outros casos, pode causar desidratação grave. Álbum de arsênico e Nux vomica são os medicamentos usados ​​para tratar infecções virais do trato gastrointestinal. O álbum de arsênico é usado nos casos em que diarréia e vômito estão presentes com queimação e inquietação severas. Na maioria dos casos, os sintomas pioram depois de comer e beber.
Nux vomica trata casos em que náuseas e vômitos constantes estão presentes, e o paciente geralmente se sente melhor após o vômito. Diarréia, com um desejo constante de passar fezes, está presente, mas apenas uma pequena quantidade excreta em um determinado momento.

Leia Também  Medicamentos homeopáticos para vaginose bacteriana

Hepatite A

A hepatite A é outra doença altamente infecciosa causada pelo vírus da hepatite A. Isso leva à inflamação do fígado. O vírus se espalha através de alimentos e água contaminados. Os sintomas da hepatite incluem náusea, vômito, dor no abdômen (geralmente no lado direito), perda de apetite, amarelecimento da pele e dos olhos (icterícia), urina de cor escura e fezes cor de argila.
O tratamento para infecções virais como hepatite inclui medicamentos Chelidonium e Fósforo.
Ambos os medicamentos abrangem todos os sintomas da hepatite. Nos casos em que o quelidônio é usado, a maioria dos pacientes se sente melhor depois de comer comida quente. O fósforo é usado quando todos os outros sintomas acompanham uma queimação e o desejo de comer alimentos frios.

4. Infecções virais sexualmente transmissíveis

AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida)

AIDS (síndrome da imunodeficiência adquirida) refere-se ao estágio final fatal da infecção pelo HIV (vírus da imunodeficiência humana).
O sistema imunológico enfraquece como resultado dessa síndrome. O HIV destrói as células T CD 4, essenciais para a imunidade de uma pessoa, tornando o paciente mais propenso a infecções comuns.
O HIV é transmitido sexualmente por uma pessoa infectada a uma pessoa saudável através de relações sexuais desprotegidas. Também pode se espalhar através do compartilhamento de agulhas ou sangue contaminados.
O vírus também é transmitido a um bebê em crescimento no útero, se a mãe estiver infectada. Pode se espalhar de uma mãe infectada para seu filho durante o parto ou a amamentação. Os sintomas iniciais ocorrem algumas semanas após a exposição e se assemelham a uma febre semelhante à gripe. As glândulas linfáticas incham, mas o paciente pode permanecer assintomático por meses ou anos antes que os sintomas se tornem graves.
Atualmente, o tratamento para a AIDS pode atrasar apenas as complicações associadas, mas a recuperação completa ainda não é possível. O vírus é propenso a mudanças rápidas, razão pela qual existe uma falta de vacinas no sistema convencional para prevenir a infecção. Esses medicamentos ajudam o corpo a restaurar suas propriedades curativas naturais. O tratamento da homeopatia para infecções virais fortalece o sistema imunológico do corpo. Alguns medicamentos usados ​​para gerenciar as complicações associadas à AIDS incluem Crotalus horridus, Medorrhinum e Merc Sol.

5. Febre Hemorrágica Viral

A febre hemorrágica viral mais comum inclui a dengue e a febre de Chikungunya. O vírus nas duas infecções é transmitido a uma pessoa saudável pela picada de um mosquito infeccioso. Os sintomas da dengue incluem alta temperatura e fortes dores no corpo, articulações e músculos. Dor na cabeça e nos olhos é comum, junto com náusea, vômito e fraqueza. Erupções cutâneas também aparecem na pele. Pessoas com imunidade fraca ou com um segundo ataque do vírus da dengue são mais propensas a sofrer hemorragias, denominadas febre hemorrágica da dengue. Em alguns casos, são leves, mas em outros casos, hemorragias maciças podem levar a choque. Se não for gerenciado adequadamente, a morte pode ocorrer.
Na febre de Chikungunya, todos os sintomas se assemelham a uma doença viral comum, mas com fortes dores nas articulações. A maioria dos pacientes se recupera completamente, mas as dores nas articulações podem persistir por algumas semanas a meses.
Os tratamentos de homeopatia para infecções virais como dengue e chikungunya trabalham na restauração dos sistemas naturais de cura do corpo. Os medicamentos para febre hemorrágica incluem Eupatorium perfoliatum e Gelsemium.
Eupatorium perfoliatum é usado para tratar dores corporais e musculares graves.
O gelsemio trata casos de febre hemorrágica em que há uma forte dor de cabeça. O paciente pode se queixar de fraqueza e embotamento, e dores musculares acompanham a doença.

Caxumba

A caxumba é uma doença viral altamente infecciosa causada pelo vírus da caxumba. É principalmente uma infecção das glândulas salivares (mais comumente as glândulas parótidas). A caxumba se espalhou pelo contato direto com uma pessoa infectada por meio de saliva e descargas nasais. Os sintomas incluem inchaço doloroso das glândulas, além de sintomas gerais de uma infecção viral.
Beladona e parotidina são os medicamentos usados ​​no tratamento da caxumba. A beladona é usada no caso de a glândula parótida estar inchada e dolorida. As glândulas são muito quentes e sensíveis ao toque e podem ser acompanhadas por dor no ouvido. Parotidinum é um profilático contra a infecção por caxumba.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo